domingo, 23 de abril de 2017

PREX/UESPI abre seleção de estagiário de administração para o Campus de Uruçuí

        A Pró-reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários (PREX) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), torna pública a abertura das inscrições para seleção de um estagiário do curso de Administração do Campus de Uruçuí – PI. O candidato selecionado atuará na Diretoria do Campus e deverá cumprir carga horária de 20 horas semanais.
          O candidato deve ser estudante do curso de Administração, estar regularmente matriculado e frequentando as aulas, e ter cursado ou está cursando as disciplinas de: Teorias Aplicadas à Administração; Matemática Aplicada à Administração e Noções de Direitos Públicos e Privados Aplicados à Administração. As inscrições serão realizadas nos dias 24 e 25 de Abril de 2017, no horário de 7 h às 12 h, na Secretaria do Campus.


Fonte: UESPI.BR

sexta-feira, 21 de abril de 2017

DRI/UESPI lança edital de Programa de Mobilidade Acadêmica Nacional

Por Vanderson de Paulo

          A Diretoria de Relações Internacionais (DRI), da Universidade Estadual do Piauí, por intermédio da Associação dos Reitores de Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), tornam público o edital 2017.2 para Programa de Mobilidade Nacional (PMN). A seleção é destinada a estudantes de graduação de outras universidades brasileiras que estejam interessados em estudar na UESPI no segundo semestre. Estão sendo ofertadas 25 vagas.
        O programa propicia o intercâmbio entre os acadêmicos de universidades brasileiras para trocas culturais e contato com novas realidades em outras Instituições de Ensino Superior (IES) de outras cidades e estados brasileiros.
         Nesta edição do programa, as vagas destinadas para a UESPI contemplam os campi Poeta Torquato Neto, em Teresina e Prof. Alexandre Aves de Oliveira, Parnaíba, sendo elas, 5 para Licenciatura Plena em Inglês (Parnaíba) e 5 para Licenciatura Plena em Inglês (Teresina), 5 Licenciatura Plena em Espanhol (Teresina), 5 Bacharelado em Ciências da Computação (Teresina) e 5 em Bacharelado em Engenharia Civil em Teresina.
          Os acadêmicos interessados devem se inscrever e enviar os documentos no período de 01 a 31 de maio de 2017 através do endereço dri.uespi@gmail.com ou por correio na Diretoria de Relações Internacionais -DRI, Rua João Cabral, 2231, bairro Pirajá, Zona Norte de Teresina, CEP: 64002-150.
          No ato da inscrição, o estudante deverá juntamente com a documentação exigida anexar um plano de estudo. O plano de estudo estará disponível também no site institucional da mobilidade, para que o aluno colha as respectivas assinaturas de seus coordenadores.
          A UESPI mantem parcerias com outras universidades brasileiras, o intercâmbio reflete a importância que acarretem uma vivência maior sobre a perspectiva global do ensino. A diretora de reações internacionais, Luciana Libório, explica que o Abruem é de tamanha importância para as Instituições. “Esse programa acarreta o diálogo entre estudantes de diferentes universidades brasileiras através da troca de informações, conhecimento, enriquecimento cultural e intelectual sendo de grande valia para a UESPI”.

Confira o Edital e o Plano de Estudos

Fonte: UESPI.BR

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Cursos de Especialização em Gestão Pública, Gestão Pública Municipal e Gestão em Saúde na modalidade EAD


      O Diretor do Centro de Educação Aberta e a Distância da Universidade Federal do Piauí – (CEAD/UFPI) e Coordenador UAB na UFPI, com a anuência da CAPES/UAB, e no uso de suas atribuições legais, torna público aos interessados que estarão abertas as inscrições do Processo Seletivo destinado ao preenchimento de 900 (novecentas) vagas/polos UAB para os Cursos de Especialização em Gestão Pública, Gestão Pública Municipal e Gestão em Saúde / Programa Nacional de Formação em Administração Pública – PNAP/UAB, na modalidade a distância, no âmbito da Universidade Federal do Piauí, conforme normas institucionais e gerais a seguir.

Inscrições: 
      As inscrições serão realizadas no período de 18 a 28/04/2017, em Teresina, na Secretaria da Coordenação de cada Curso de Especialização/PNAP/CEAD/UFPI, situadas na rua Olavo Bilac, 1148, Praça Saraiva, Centro/Sul, CEP-64001-280, e nos pólos 

O Processo de seleção: 
          O processo de seleção será conduzido por Comissão de Seleção constituída pela Direção do CEAD/UFPI e ocorrerá em duas etapas: 
1ª Etapa: Análise da documentação (DEFERIMENTO DAS INSCRIÇÕES) (fase eliminatória). - O candidato que, por qualquer motivo, não atender ou descumprir as normas estabelecidas neste Edital terá sua inscrição INDEFERIDA e será automaticamente eliminado do processo de seleção. 

2ª Etapa: Análise do Curriculum Vitae e da Carta de Intenção (fase classificatória): - O Curriculum Vitae será avaliado de acordo com os critérios descritos no Anexo I deste Edital; - A Carta de Intenção deverá ter no máximo uma lauda explicitando os motivos de interesse do candidato pelo curso, correlacionando-os aos seus projetos de vida profissional; - O Resultado Final do Processo Seletivo será obtido através da soma algébrica dos pontos obtidos, segundo os critérios estabelecidos no Anexo I (BAREMA).

Para mais informações  Acesse o Edital
Fonte: cead.ufpi.br

terça-feira, 18 de abril de 2017

UESPI lança edital de 600 monitorias remuneradas para estudantes de graduação

Por Jônatas Freitas

A Universidade Estadual do Piauí lançou na manhã desta segunda (17) o edital de monitorias para alunos da instituição. Através dele, os estudantes poderão concorrer a bolsas remuneradas no valor de R$ 400,00 para auxiliar o campo do ensino na universidade. A UESPI ofertará 600 vagas remuneradas para as monitorias, e com isso, totalizará cerca de 2000 estudantes atendidos com programas que promovem auxílio financeiro, quase 10% do número de alunos dos cursos de graduação.

Professores e representantes da Administração Superior da UESPI estiveram presentes durante lançamento do edital para monitorias
As inscrições para o edital terão início no dia 24 de abril e vão até o dia 29. “A reimplantação das monitorias remuneradas da UESPI consolida uma das metas do PDI, que é de fazer mapeamento das disciplinas ofertadas dentro da instituição nos cursos de graduação para oferta de bolsas remuneradas para desenvolvimento da formação dos graduados. É importante se ressaltar que esse mesmo edital para monitoria remunerada é também para monitoria não remunerada, e aqueles alunos que não poderão ser contemplados dentro do número de bolsas remuneradas poderão mesmo assim concorrer”, garantiu a Pró-Reitora de Ensino e Graduação, Ailma do Nascimento.
O reitor Nouga Cardoso Batista também se manifestou na ocasião do lançamento do edital, que ocorreu na reitoria da UESPI: “Nós desejamos que os estudantes dos mais diferentes cursos possam estar concorrendo a essas monitorias e dando a sua contribuição na formação de outros colegas, permitindo que a evasão ou a reprovação disciplinar diminua dentro da universidade, ajudando assim a administração superior e a comunidade acadêmica a formar melhor e no tempo certo os nosso estudantes”, ressaltou.
Ainda segundo Nouga, as monitorias são importantes não só para auxiliar colegas de curso ou pelo auxílio financeiro, mas para um ganho profissional no futuro: “Ressaltamos também a importância pro aluno que conclui o curso superior tendo passado por essa experiência de ter sido monitor. Isso contará pontos na avaliação curricular nas pós-graduaçãos futuras, na perspectiva de arranjar emprego como docente futuramente, portanto é muito importante pra esses estudantes fazerem isso”, finalizou.

Cada campus/centro da UESPI lançará um edital próprio, baseado na minuta abaixo:


Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
ascom.uespi@gmail.com

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Professor da UESPI tem artigo científico publicado em revista internacional

Por Kelly Barros

Gustavo Montgomery Bonfim Castro, Prof. Dr. de Física, da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus Torquato Neto, teve um artigo científico publicado na Revista internacional Carbon Letters. O artigo é fruto de pesquisa realizada desde 2013 pelo docente durante seu pós-doutorado. O trabalho investigou o depósito de material magnético, como o Cobalto (Co), em cima de filme de grafeno.
O grafeno é a forma cristalina do carbono considerado um excelente condutor de calor e eletricidade. “Esse é um material muito falado hoje em dia, devido ao potencial que tem de revolucionar a indústria eletrônica e uma das questões em torno do grafeno é como torna-lo realmente atrativo, com uso prático no dia-a-dia”, explica o professor.


Segundo Gustavo Castro, este é um trabalho considerado novo e poucas pessoas no mundo estão conseguido fazer este depósito de material magnético sobre a superfície de grafeno. “Nosso trabalho mostra que é possível depositar material magnético na superfície de grafeno, através da eletrodeposição”, afirma. “Então o meu trabalho de pós-doutorado consistiu em desenvolver o equipamento que viabilizaria a fabricação filme fino de cobalto sobre a superfície de grafeno”, acrescenta.

Gustavo Montgomery Bonfim Castro, Prof. Dr. de Física da UESPI

O docente afirma ainda que as grandes empresas de tecnologia do mundo estão investindo em conhecer melhor as propriedades do grafeno e em fabricar filmes com características melhores. “Há uma expectativa muito grande sobre o grafeno e as empresas de tecnologia que conseguirem dominar a fabricação desse material em alta qualidade vão ter uma vantagem muito grande em relação aos concorrentes”, ressalta.


Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
ascom.uespi@gmail.com

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Professores da UESPI recebem título de acadêmico vitalício da Academia de Ciências do Piauí


Por Valéria Soares

Cinco docentes da Universidade Estadual do Piauí receberam, neste sábado (08), o título de acadêmico vitalício da Academia de Ciências do Piauí (Acipi). A cerimônia foi realizada no auditório da Academia Piauiense de Letras, com a presença de autoridades do estado, familiares e amigos.

A cerimônia aconteceu neste sábado (9) e contou com a presença de autoridades do estado, familiares e amigos dos empossados
O título de acadêmico vitalício foi concedido a 17 novos membros, como forma de reconhecimento ao trabalho por eles realizados nas áreas do conhecimento científico, tecnológico, humano e cultural. A partir da cerimônia, 60 acadêmicos compõem a Acipi. Da UESPI, os novos acadêmicos são: o Prof. Dr. Nouga Cardoso Batista e também reitor da UESPI, ocupante da cadeira de nº 45; o Prof.Dr. e Pró-reitor de Planejamento e Finanças, Paulo Henrique da Costa Pinheiro, ocupante da cadeira de nº 51 ; o Prof. Dr. Jonathan Madeira de Barros Nunes, ocupante da cadeira de nº 60; Prof. Dr. Eucário Leite Monteiro Alves, ocupante da cadeira de nº 54; e a Profa. Dra. Valtéria de Melo Alvarenga, ocupante da cadeira de nº 41.

A cerimônia aconteceu neste sábado (9) e contou com a presença de autoridades do estado, familiares e amigos dos empossados

Na solenidade de posse, o acadêmico e tesoureiro da Acipi, Viriato Campelo, proferiu as saudações aos presentes destacando a honra de receber mais 17 novos membros para a Acipi; o reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), José Arimatéia Lopes, novo ocupante da cadeira de nº 39, discursou na cerimônia em nome dos novos titulares da Acipi.
O presidente da Acipi, Jônathas Nunes, frisou que o momento mais importante da academia é quando ocorre o ingresso dos membros que a compõe. “Quem for escrever um dia a história da Academia de Ciências do Piauí certamente vai ter que contar o dia de hoje”, afirmou. Para o presidente, a entrada dos novos cientistas possibilita a ampliação e o aperfeiçoamento de trabalhos, como a revista quadrimestral da Acipi. “A revista vai aumentar muito em valor intelectual, como também em inúmeras outras ações. A academia tem um círculo muito grande em divulgar e trabalhar a ciência e a tecnologia, junto ao governo do estado, as empresas, na promoção da educação científica”, argumenta.
O momento de posse foi muito significativo para aqueles que se dedicam ao trabalho acadêmico. O mais novo membro do quadro de titulares da academia, Prof. Dr. Paulo Henrique Pinheiro, ressalta que é uma honra fazer parte da Acipi. “São 27 anos de trajetória acadêmica no Piauí, de certa forma essa é uma premiação a esse esforço”, disse.
A professora doutora Valtéria Alvarenga, visualiza a titulação como uma realização profissional e pessoal. “Assumir uma cadeira na Acipi é um reconhecimento da comunidade acadêmica. Vai chegar um tempo que vou ter que me afastar do ambiente universitário, das aulas e a academia de ciências vai ser a continuidade dessa trajetória que escolhi para minha vida”, frisou.
O reitor da UESPI e professor doutor em Química, Nouga Cardoso, acredita que na Acipi dará possibilidades de dividir momentos com pessoas que em diferentes áreas pensam no desenvolvimento da ciência e das pessoas do estado do Piauí. “Como diz a própria academia: você se torna imortal. Para sempre essas pessoas que deram uma contribuição no conhecimento científico, poderão ser reconhecidas e conhecidas pelo legado que construíram na ciência e no desenvolvimento humano”, declarou.
O reitor da UESPI, Nouga Cardoso, recebeu seu diploma das mãos da vice-reitora, Bárbara Melo

O novo ocupante da cadeira de nº 60, Jonathan Nunes, externou está muito feliz por assumir a cadeira que foi do engenheiro e ex-governador do Piauí, Alberto Tavares Silva. Jonatas é docente da engenharia da UESPI e detentor de importantes trabalhos referentes a engenharias de obras públicas. “Além de ser um reconhecimento ser membro vitalício da Acipi, será uma grande oportunidade de discutir temas de interesse para a sociedade piauiense”, finalizou.
Academia de Ciências do Piauí
A Acipi foi fundada em 2002, por um grupo de professores, profissionais liberais e pesquisadores, reunidos na sede da Academia Piauiense de letras – APL. Nasceu com o objetivo de divulgar e difundir a Ciência, a Tecnologia, a Cultura e Arte no Brasil, em especial no Piauí. Em 2015, foi declarada como utilidade pública estadual por meio da Lei nº6717/2015, e utilidade pública municipal através da lei nº4822/2015.
Sendo destinada a funcionar no Auditório Herbert Parentes Fortes, localizado na Avenida Miguel Rosa, em Teresina, através da Lei nº6837, de 06 de junho de 2016, publicada no Diário Oficial do Estado nº104, sancionada pelo Governador Wellington Dias. A atual diretoria da Acipi tem como presidente, o Professor Doutor Jônathas de Barros Nunes; Vice-Presidente, Luiz Ayrton Santos Junior; Secretário Executivo, Doutor Gisleno Feitosa; Tesoureiro, o Acadêmico Doutor Viriato Campelo; Coordenador de Comunicação da Acadêmica, Lisete Napoleão.
Desde 2003, a Academia está envolvida com atividades de colaboração na áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação, como a primeira 1ª Feira de Ciência e Tecnologia do Piauí, Feiras Itinerantes de Ciência e Tecnologia, participação anual na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, bem como lançamento de diversos livros de autoria dos acadêmicos. Nos últimos três anos promoveu a reedição da Revista Academia de Ciências do Piauí, com o lançamento de três números, o último com foco na temática Transnordestina.

Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
ascom.uespi@gmail.com

sexta-feira, 17 de março de 2017

Matrículas do Vestibular EaD iniciam na quarta-feira (22)


A partir da próxima quarta-feira (22), os alunos aprovados no vestibular de Educação a Distância realizado pela Universidade Federal do Piauí, por meio do Centro de Educação Aberta e a Distância (CEAD/UFPI), poderão realizar sua Matrícula Institucional no Polo de Apoio Presencial ao qual o candidato foi aprovado. O cronograma completo está disponível nos sites do CEAD (www.cead.ufpi.br), da UFPI (www.ufpi.br) e da COPESE (http://copese.ufpi.br).
Cerca de 40 mil candidatos fizeram a prova do vestibular no dia 18 de dezembro de 2016. Este é o maior vestibular de Educação a Distância das Universidades Públicas de todo Brasil, ofertando 9.310 vagas para 14 cursos de Graduação, distribuídas em 39 polos no Piauí e 2 polos na Bahia. Do total de vagas ofertadas, 9.240 foram preenchidas, tendo um percentual de 99% de aproveitamento.
Para o diretor do CEAD, Prof. Gildásio Guedes, este é um momento de comemoração e de agradecimento aos parceiros.
“A Universidade Federal do Piauí, no que diz respeito à formação de mão de obra qualificada em nível superior, expande seu alcance cada vez mais. Isso tudo não seria possível sem a ajuda do Governo do Estado, Universidade Estadual, Instituto Federal, as prefeituras em cada município e todos aqueles que fazem a EaD acontecer. Vamos receber agora mais de 9 mil novos alunos. A novidade desta vez é que as matrículas serão processadas nas próprias cidades polos no interior do Piauí.”, ressaltou.


Diretor do CEAD ressalta a importância das parcerias. (Vice-Diretor do CEAD, Milton Batista; Diretor do CEAD, Prof. Dr. Gildásio Guedes; Vice-Reitora, Prof.ª Dr.ª Nadir Nogueira; Reitor da UFPI, Prof. Dr. José Arimatéia Dantas Lopes; Secretária de Educação, Rejane Dias, e Superintendente da Seduc, Ellen Gera)
Período de Matrículas
De 22 a 29 de março, o candidato aprovado deverá comparecer ao Polo de Apoio Presencial ao qual foi aprovado. O atendimento será realizado em dois turnos: das 8h00 às 12h00 e das 14h00 as 17h00. Acesse o endereço de cada polo.
Documentação
Na última segunda-feira (13), a servidora da Diretoria de Administração Acadêmica da UFPI (DAA), Djanira Lopes, esteve reunida com o diretor do Centro de Educação Aberta e a Distância (CEAD/UFPI), Gildásio Guedes, e coordenadores de curso e de polo para discutirem os detalhes sobre as matrículas dos aprovados do Vestibular EaD. Djanira explicou todo o processo de documentação e procedimentos necessários para realização da matrícula.


Djanira Lopes reuniu-se com coordenadores de polo e curso
A lista de documentos necessários para todas as categorias (Sistema de Reserva de Vagas, vagas de Professor e Ampla Concorrência) está disponível no Edital de Convocação de candidatos aprovados.
Além dos documentos listados no edital, para agilizar a matrícula, é aconselhável que o candidato aprovado preencha os seguintes documentos:
Fonte: cead.ufpi.br